Crianças com câncer necessitam de um pouco mais de conforto

NACCI- Núcleo de apoio a crianças com câncer. O blog, mantido por alunos do curso de Jornalismo do 2°semestre da Faculdade da Cidade do Salvador, tem como objetivo acadêmico e social ajudar a divulgar essa instituição.

16 junho 2006

O câncer infantil

Câncer é o nome dado a um conjunto de mais de 200 doenças que têm em comum o crescimento desordenado de células, capazes de invadir estruturas próximas e, ainda, espalhar-se para diversas regiões do organismo (metástase).

Fique atento aos sinais

Descobrir a doença nas fases iniciais é fundamental para o início da cura. Por isso, os pais ou responsáveis devem sempre estar atentos aos sinais, que muitas vezes se parecem com sintomas de doenças comuns.

Ficar atento não quer dizer ficar ansioso, nem "passar o dia pensando que tudo pode ser câncer!" Até porque, se estes sintomas permanecerem, com certeza há alguma causa, que pode ser preocupante. O ideal é observar se houve mudanças de atitudes, hábitos ou disposição na criança. No caso de dúvida procure imediatamente orientação médica.

O importante é que os adultos possam identificar melhor estes sinais, para favorecer o diagnóstico precoce e aumentar em muito as chances de cura.


Principais sintomas

Estes sintomas devem ser progressivos e constantes, caso contrário não será um sinal de câncer!

Febre que não passa ou suores noturnos constantes;
Manchas roxas em lugares que a criança não tenha batido;
Dor nas pernas que fazem a criança não querer andar;
Aumento dos gânglios linfáticos, conhecidos como "íngua" ou "carocinhos", que ocorrem nas virilhas, axilas e pescoço, mesmo sem dor e que não diminuem de tamanho;
Dor e inchaço nas articulações;
Dores de cabeça, com perda de equilíbrio, acompanhadas de vômitos;
Inchaço na barriga ou edema abdominal que pode estar acompanhado de alterações nas fezes (diarréia ou parada de evacuação) ou na urina (sangue na urina);
Fraqueza, palidez, cansaço constante, falta de ar;
Perda de peso sem motivo aparente;
Mancha tipo "olho de gato" (retinoblastoma) em um ou ambos os olhos, olhos "saltados", com inchaço da pálpebra;
Dores ósseas que podem ser confundidas com dores de crescimento (geralmente a criança mostra sempre o mesmo local do osso; as dores permanecem à noite ou quando a criança está brincando);
Aumento do tamanho dos testículos, com dor ou inflamação no local.
Não esqueça!


O mais importante para uma criança é sentir-se aceita, amada e valorizada pelos seus pais, familiares e amigos, o que lhe favorece seu desenvolvimento com grande equilíbrio emocional.

Vida saudável é importante sempre!

Alimentação balanceada: procure privilegiar o equilíbrio entre frutas e vegetais frescos (de preferência crus), cereais, fibras, carnes (proteínas). O pediatra de seus filhos pode lhe indicar boas formas de combinar os alimentos necessários para uma alimentação gostosa e saudável.

Brincar, estudar e descansar: nas formas e horários adequados também são fundamentais para um crescimento sadio, além é claro da prática de exercícios regulares.

Vacinar é proteger: siga corretamente o esquema de vacinação infantil proposta pelo Ministério da Saúde, mantendo a Carteira de Vacinação de seus filhos sempre em dia. Assim você previne vários tipos de doença.

Importante

O câncer ainda registra números alarmantes, sendo no país a terceira causa de morte de crianças entre um e quatorze anos de idade.

Conscientizando os adolescentes contra o uso de fumo, drogas e álcool estaremos contribuindo para a diminuição do risco de surgimento de doenças mais graves, entre elas o câncer.

Além disso, o sexo também pode ser responsável por tumores. Não usar camisinha e se relacionar com uma grande variedade de parceiros e o início precoce da atividade sexual, aumenta a chance de exposição a vírus sexualmente transmissíveis. Entre eles se destacam o HPV relacionado ao câncer de colo de útero. Existem vários subtipos diferentes de HPV, entretanto, somente os subtipos de alto risco estão relacionados a tumores malígnos.

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home